Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

A Bola de Valores de São Paulo devolveu as perdas, mesmo com pregão volátil pela manhã desta quinta-feira. Motivos não faltaram para mexer com o humor do investidores, principalmente com o presidente em exercício, Michel Temer, fazendo um pronunciamento sobre as declarações do ex-diretor da Transpetro, Sérgio Machado, em delação premiada na Operação Lava Jato.

Temer não se intimidou e disparou sobre as declarações de Machado, deixando também o recado de que, se preciso, voltará a fazer pronunciamentos como o de hoje.

MetaTrader 300×250

“O mercado segue olhando para a política interna, como ocorreu ontem com a queda e a recuperação do índice depois de pública a delação premiada de Sérgio Machado. Por outro lado, as atenções seguem para a Europa com o referendo do Reino Unido. Não dá para prever o dia seguinte e acho que o mercado só deverá responder com mais clareza depois que ficar decidido o processo de impeachment e quem irá comandar o País. Até lá, cada dia é um dia”, pontuou o diretor a Máxima Corretora, José Costa Gonçalves.

As baixas em Brasília prosseguem e, ao ser citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, pediu demissão do cargo.

O ex-presidente da Câmara Henrique Alves teria recebido, segundo Machado, R$ 1,55 milhão em doações eleitorais com recursos ilícitos.

Alves é o terceiro ministro, em pouco mais de um mês do governo Temer, depois de denúncias relacionadas à Operação Lava Jato. Romero Jucá, que foi ministro do Planejamento, e Fabiano Silveira, da Transparência, Fiscalização e Controle, saíram dos cargos após divulgação de trechos da delação de Machado, em áudio, em que eles criticavam a operação.

Por outro lado, um respiro veio com a decisão do Federal Reserve, que é o banco central dos Estados Unidos, em não mexer, pelo menos por enquanto, com a política monetária da maior economia do mundo.

Mesmo assim, a cautela por aqui se dá com os demais mercados globais, em especial pelo referendo no Reino Unido no dia 23, quando a população decide se deixa a União Europeia. Porém, um fato novo poderá mudar o cenário por lá com a morte da parlamentar trabalhista britânica, Jo Cox, após ter sido atingida por dois tiros em um ataque em Birstall (norte da Inglaterra), informou a polícia local.

“Jo foi atacada por um homem que lhe causou graves ferimentos que foram fatais”, disse em entrevista coletiva a chefe de Polícia do condado de West Yorkshire, Dee Collins, detalhando que a deputada foi declarada morta pelos médicos às 12h48 (horário local, 9h48 em Brasília).

Um homem de 52 anos foi detido e foram recuperadas diversas armas, incluindo uma de fogo, afirmou Collins, expressando condolências à família da deputada, que defendia a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE) para o referendo do dia 23.Estas informações são da Agência Efe.

Ainda pela manhã desta quinta-feira, o índice principal da bolsa paulista Ibovespa foi foi influenciado pelas bolsas asiáticas, que despencaram depois que o Banco Central do Japão (BOJ) decidiu não dar estímulos para a economia japonesa.

Ao final de um dia mais que movimentado, o Ibovespa fechou em alta de 1,02% aos 49.411 pontos. O volume financeiro ficou em R$5,8 bilhões, sem destaque e normal para um dia depois do vencimento de opções.

Petróleo

O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em baixa de 3,74% nesta quinta-feira, cotado a US$ 46,21, acumulando seu sexto dia de perdas.

Ao final da sessão de hoje na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em julho caíram US$ 1,80 em relação ao fechamento de quarta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em agosto fechou nesta quinta-feira em baixa de 3,21% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 47,25.

O petróleo do Mar do Norte terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 1,57 abaixo do valor final da sessão de ontem, que foi de US$ 48,82.

O minério de ferro com 62% de pureza negociado no porto de Gingdao fechou em alta de 0,10% aos US$50,70. Com isso, a Vale opera no azul.

*Desculpem pela falha técnica.


Assuntos desta notícia