Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

A Bovespa fechou em queda nesta quarta-feira. Os investidores aproveitaram para realizar lucros, depois das valorizações das commodities, mas com volume financeiro acima da média. A ata do Federal Reserve não pesou, mesmo porque não trouxe novidades, mas elevou a cautela para a política econômica que deve ser implementada pelo presidente Donald Trump.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 0,67% aos 68.589 pontos. O giro financeiro ficou em R$8,8 bilhões.

Profitchart Pro 300×250

” O movimento de hoje foi de realização de lucros, principalmente, com Petrobras e Vale embaladas nas últimas sessões com commodities para cima. Os balanços financeiros também pesaram, mas o que se viu nos últimos dias foi a bolsa completamente descolada do cenário politico. A ata do Fomc não trouxe novidade”, avaliou o gerente de Bovespa da HCommcor, Ari Santos.

As ações com ganhos
CCR ON, alta de 3,07%; Qualicorp ON, alta de 1,87%; Telefonica Brasil PN, alta de 1,54%;Bradesco ON, alta de 1,82%; e Lojas Renner ON, alta de 0,95%.

As ações com perdas
Bradespar PN, queda de 5,45%; Gerdau PN, queda de 4,17%; Marfrig ON, queda de 5,25%; RaiaDrogasil ON, queda de 4,19%; e Cosan ON, queda de 5,41%.

A Petrobras ON ficou em queda de 3,26% e a PN, queda de 2,61%.
A Vale ON estava em queda de 2,39% e a PN, queda de 2,34%.

 

 

Carteira Teórica

A carteira teórica do Índice Bovespa que passou a vigorar entre e 02 de janeiro de 2017 a 28 de abril de 2017, com base no fechamento do pregão de 29 de dezembro de 2016, totaliza 59 ativos de 56 empresas e com a entrada da Eletrobras ON (ELET3). Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Itauunibanco PN (10,681%), Bradesco PN (7,740%), Ambev S/A ON (7,183%), Petrobras PN (6,008%) e Petrobras ON (4,592%).

Commodities

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 0,91% aos US$94,00 a tonelada seca.

Nos Estados Unidos, o preço do petróleo WTI, com contratos para março e negociado na Bolsa Mercantil de Futuros, Nova York, estava em queda de 1,40% aos US$53,57 o barril.


Assuntos desta notícia