Clicky

MetaTrader 728×90

A Bovespa fechou em queda nesta terça-feira, com os investidores analisando os mercados internacionais e também já aguardando as decisões do processo de Impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Indicadores da economia doméstica também refletiram no ajuste.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 0,06% aos 58.575 pontos e giro de negócios em R$5,3 bilhões.

Chart Trading 300×250

“Não adianta pensar em nada, pelo menos neste momento. O mercado vai seguir aguardando as decisões do Impeachment e esperar para que o volume de negócios tão anunciado realmente venha para o País, assim que Michel Temer adotar as medidas prometidas. Se Dilma ficar, realmente não sabemos o comportamento dos investidores”, disse o gerente de Bovespa da HCommcor, Ari Santos.

Entre as ações valorizadas no Ibovespa estavam as da Cosan ON, alta de 5,33%; Braskem PNA, alta de 5,64%; Suzano Papel PNA, alta de 2,43%; Klabin UNT, alta de 1,36%; e Petrobras PN, alta de 1,71%

Na contramão estavam as ações da Kroton ON, queda de 3,69%; Estácio Participação ON, queda de 4,76%; Siderúrgica Nacional ON, queda de 3,09%; Vale ON, queda de 2,49%; e Cesp PNB, queda de 2,44%.

Commodities

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta terça-feira em baixa de 1,34%, cotado a US$ 46,35, seu nível mais baixo nas últimas duas semanas.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em outubro caíram US$ 0,63 em relação ao fechamento de ontem.

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro fechou nesta terça-feira em baixa de 1,76% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 48,37.

O petróleo do Mar do Norte terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 0,87 abaixo do valor final da sessão de ontem, que foi de US$ 49,24.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao fechou em alta de 0,29% aos US$59,31 a tonelada seca.


Assuntos desta notícia