Clicky

BOM DIA INVESTIDOR: Dia do Trabalho nos EUA

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Hoje é feriado do Dia do Trabalho nos EUA e, como tal, mercados perdem um pouco do referencial de preços e muito da liquidez. Apesar disso dia mais positivo nos mercados da Ásia, Europa operando em alta nesse início de manhã e futuros dos EUA com leve alta. Durante o final de semana tivemos boas declarações de Michel Temer sobre ajuste fiscal, programa de concessões e ambiciosa agenda de reformas.

Já Xi Jinping presidente da China alertou para crescimento econômico global fraco, baixa demanda e investimentos e pediu maior abertura comercial. Segundo ele o protecionismo cresceu nos últimos meses. A boa notícia ficou por conta do acordo entre Arábia Saudita e Rússia sobre estabilizar preço do petróleo e pedindo a adesão do Irã. O petróleo subia forte no início da manhã, mas agora reduziu alta.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O dia marca a divulgação de indicadores PMI da atividade em serviços e como regra geral mostrando desaceleração em diferentes países. Na China subiu para 52,1 pontos, mas no Japão retrocedeu para 49,6 em agosto, o que mostra retração da atividade, já que ficou abaixo de 50 pontos. Na Alemanha desacelerou para 51,7 pontos e na zona do euro caiu para 52,8 pontos. A boa noticia veio do Reino Unido pós-Brexit que mostrou alta para 52,9 pontos, quando o esperado era que ficasse em 50,9 pontos. Na zona do euro ainda tivemos as vendas no varejo crescendo 1,1% em julho.

No mercado internacional o petróleo WTI tinha alta de 1,24%, com o barril cotado a US$ 44,99, mas no início do dia chegou a mostrar alta de mais de 4%. O euro era transacionado em praticamente estável em US$ 1,1156 e os notes americanos no fechamento de sexta-feira estava em 1,60%.

No segmento local Aécio Neves cobrou Michel Temer pela ambiguidade de seu partido sobre votações que devem ocorrer. Já na pesquisa Focus semanal do Banco Central os dados vieram tranquilos com inflação mantida em 2016 em 7,34% e em queda para 5,12% em 2017. O PIB é que caiu mais para 3,20% e subindo para 1,30% em 2017. Dólar também encolheu para R$ 3,26 no final do ano (anterior em R$ 3,29).

Por aqui mercados começando com DIs em leve alta e dólar já operando em alta de 0,42%, cotado a R$ 3,264. A Bovespa pode seguir mercado internacional em alta, mas a liquidez precária e desaceleração do petróleo podem influir negativamente. Precisamos manter patamar de 59300 pontos e buscar 60000 pontos, para adquirir maior consistência de alta.

Bom dia e bons negócios


Assuntos desta notícia