Clicky

EUA, México e Canadá concordam renegociar Nafta

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Ontem os mercados não resistiram e realizaram lucros recentes, com a Bovespa perdendo 0,44% e Dow Jones com -0,10%. Aqui muitos ruídos provenientes dos projetos analisados e votações havidas na câmara, e no exterior certa frustração com anúncio de medidas de redução de tributos nos EUA, que vão exigir forte empenho para aprovação e prazo mais longo de discussão.
Hoje mercado da Ásia em alta (Tóquio -0,19%), Europa em queda, mas já saindo das mínimas do dia. Futuro do mercado americano em leve alta. Aqui seria oportuno recuperar o patamar perdido de 65000 pontos.

Na China durante a madrugada o lucro empresarial de março subiu anualizado 23,8% e o Japão manteve a política monetária estabilizada com juros negativos em 0,10% e Kuroda indicou que meta de inflação segue em 2,0%, apesar de terem reduzido a projeção do ano. Endurecer a política monetária só quando a meta de inflação estiver na direção de 2,0%.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Na Alemanha o índice GFK de confiança do consumidor de maio subiu para 10,2% e a inflação medida pelo CPI (consumidor) de abril ficou estável por mais um mês, e a taxa anualizada em 2,0%. Angela Merkel sinalizou que discussões sobre o Brexit só depois das eleições no Reino Unido. Na zona do euro o índice de sentimento econômico subiu para 109,6 pontos em abril, de previsão que ficasse em 108,1 pontos. Já Trump prometeu ao México e Canadá que não sairá do NAFTA agora.

O BCE manteve a política monetária estabilizada e confirmou novamente que vai manter por longo tempo e se preciso até reforçar a flexibilização monetária. Isso afrouxou um pouco os mercados. Na sequencia dos mercados no exterior o petróleo WTI negociado em NY mostrava queda de 1,81%, com o barril cotado a US$ 48,72. O euro era transacionado em alta para US$ 1,091 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 2,31%.

Aqui ontem votações importantes e positivas para o ajuste e fortalecimento do governo Temer. A reforma trabalhista passou com 296 votos favoráveis e 177 contra, mesmo com algumas traições. A FGV anunciou que o IGP-M de abril teve deflação de 1,10%, deixando deflação também para o ano de 0,36% e ano com inflação de 3,37%. Destaque para queda de matérias primas brutas de 5,22%.

Também saíram os lucros de Bradesco de R$ 4,1 bilhões e retorno sobre o patrimônio de 18,3, e o de Vale de US$ 2,5 bilhões e redução da alavancagem para 2,5X, contra 4,5X de igual período do ano anterior. Esses dados vão ajudar o mercado hoje. Apesar disso ainda teremos agenda importante para sair que pode modificar os mercados durante a sessão.

Bom dia e bons negócios
Alvaro Bandeira


Assuntos desta notícia