Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Os mercados acionários europeus operam sem direção nesta quarta-feira, com as energéticas. O lado positivo segue para o FTSE 100, bolsa de Londres, disparando.

No Velho Continente as atençãos dos investidores são as mesmas dos demais, a primeira coletiva do “polêmico” presidente eleito dos Estados Unidos Donald Trump.

Chart Trading 300×250

Depois de começar com o seu melhor início semanal para um ano desde 2013, o Stoxx 600 perdeu impulso, abaixo de 0,3% nesta semana.

Entre as ações com ganhos estavam as da J Sainsbury Plc, 5,5%, puxando as varejistas, depois que suas vendas de férias superaram as estimativas.

As ações da Chr Hansen Holding A / S subiam 7%, depois que seu lucro superou as projeções.

Na contramão estavam as ações da Cobham Plc, queda de 14%, depois de não pagar o dividendo de ano e citar a negociação de sua dívida decepcionante” e superior à esperada.

Perto do fechamento, em Londres, o índice Stoxx Europe 600 estava em alta de 0,16% aos 364.65. Em Milão, o índice FTSE-MIB caía 0,13% aos 19.399 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 caía 0,34% aos 9.420 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 subia 0,22% aos 11.609 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 caía 0,05% aos 4.885 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 subia 0,18% aos 7.288 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 caía 0,31% aos 4.603 pontos.

O déficit da balança comercial do Reino Unido foi estimado em £ 4,2 bilhões em novembro de 2016, alta de £ 2,6 bilhões a partir de outubro de 2016, o que reflete um aumento de £3,3 bilhões nas importações, parcialmente compensado por um aumento de £ 0,7 bilhões nas exportações. A alta do déficit em novembro é atribuída ao comércio de mercadorias, em que se verificou um aumento das importações tanto da União Europeia como em países terceiros, parcialmente compensado por um aumento das exportações para os países da UE.

Em novembro de 2016, estimava-se que a produção total aumentasse 2,1% em relação a outubro de 2016. A alta foi atribuída ao aumento da produção de minas e pedreiras depois do fim do período de manutenção no setor de petróleo e gás e uma alta no setor de fabricação.

A estimativa mensal da produção industrial subiu 1,3% em novembro de 2016. A maior contribuição segue para produtos farmacêuticos, aumento de 11,4%. Os dados são do Governo do Reino Unido.


Assuntos desta notícia