Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

As bolsas europeias fecharam com ganhos nesta quinta-feira, com uma queda acentuada do dólar e levantando as preocupações de uma recuperação do euro poderá enfraquecer os dados das empresas da região. A moeda subiu 1% ante o dólar.

As empresas também já começaram a pesar no comportamento dos mercados acionários com as divulgações de resultados.

Chart Trading 300×250

A Alcoa Inc, Estados Unidos, mostrou fortes ganhos com as vendas superando as projeções. A gigante de alumínio norte-americana iniciou nesta quarta-feira, oficialmente, a temporada de balanços corporativos com as vendas atingindo os US$ 5,9 bilhões no quarto trimestre, superando a estimativa de US $ 5,6 bilhões. Os lucros do quarto trimestre de companhias no S&P 500 aumentaram até 2,9%, de acordo com as estimativas dos analistas.

Outro destaque, mas na contramão, pesando nas ações desta quinta-feira ficou a ArcelorMittal, com seus papéis recuando 2,5% para 13,08 euros, o maior declínio desde 31 de outubro. A siderúrgica planeja levantar cerca de US $ 3,5 bilhões vendendo ações e notas subordinadas conversíveis para ajudar a cortar a dívida para cerca de US $ 17 bilhões até o final de junho.

Ao final da jornada, em Londres, o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta 0,10% aos 365.64. Em Milão, o índice FTSE-MIB ficou em alta de 0,08% aos 19.642 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 0,27% aos 9.488 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 subiu 0,01% aos 11.584 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 ficou em alta de 0,03% aos 4.900 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 subiu 0,08% aos 7.195 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 caiu 0,42% aos 4.721 pontos.

Ainda hoje, a produção industrial alemã subiu 0,2% em novembro, depois da queda de 2% revisada um mês antes, disse o Ministério da Economia em Berlim.

Os últimos dados do PMI sobre a carteira de varejo da Zona do Euro mostraram um aumento nas vendas no último mês de 2016, refletindo o crescimento tanto na Alemanha quanto na França. No entanto, os varejistas italianos sofreram mais um mês de queda nas vendas, com o ritmo de declínio ligeiramente mais rápido do que em novembro. Ajustado para o impacto de fatores sazonais usuais, o PMI de varejo Markit da Eurozona registrou 50.4 em dezembro, acima dos 48.6 de novembro. Das três grandes economias, apenas a Alemanha viu as vendas subirem em um ano base.

Em novembro de 2016, em comparação com outubro de 2016, os preços na produção industrial subiram 0,3% tanto na Zona do Euro (EA19) como na União Europeia (UE28), segundo estimativas do Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia. Em outubro de 2016, os preços aumentaram 0,8% na E19 e 1,0% na UE28.


Assuntos desta notícia