Clicky

mm bolsa 728

As Bolsas de Valores da Ásia ficaram divididas nas negociações desta quarta-feira, com as empresas de energia para cima embaladas pelos preços do petróleo. Os dados da balança comercial da China ficaram no radar.

O Índice MSCI Asia Pacific subiu 0,5%, para 131,13 a partir das 16:22, em Hong Kong, o maior patamar em seis semanas.

300×250 4 reais

As exportações da China estabilizaram em maio, com a moeda enfraquecendo e dando suporte para as vendas.

Hoje, o Banco Mundial cortou sua previsão para a expansão global com o pessimismo de gastos das empresas nas economias avançadas, incluindo os Estados Unidos. A análise vem no momento de cautela com o Federal Reserve considerando outro aumento nas taxas de juros dos Estados Unidos.

Ao final desta jornada, em Hong Kong, o principal indicador, o Hang Seng, ficou em queda de 0,14% aos 21.297 pontos; na China, o índice SSE Composite, da bolsa de Shanghai ficou em queda de 0,30% aos 2.927 pontos; na Índia, o índice BSE da bolsa de Bombai ficou em alta de 0,04% aos 27.020 pontos; e no Japão, o índice Nikkei da bolsa de Tóquio fechou alta de 0,93% aos 16.830 pontos.

China

Um relatório apresentado nesta quarta-feira mostrou que as importações do país subiram 5,1%, ante o ano anterior, em maio, acabando com um declínio de 16 meses. As exportações subiram 1,2%.

No Japão, o produto interno bruto cresceu um 1,9% em termos anualizados, nos três meses encerrados em 31 de março, a leitura preliminar era para 1,7%, de acordo com dados revisados do Gabinete do Governo divulgados nesta quarta-feira.

A revisão para cima pode dar algum alívio para o primeiro-ministro Shinzo Abe, que está lutando para reanimar a economia do Japão. Prova disso é que decidiu adiar o aumento do imposto sobre vendas.

Enquanto o PIB se recuperou de uma contração no último trimestre de 2015, o crescimento foi reforçado nos três meses até março pelo ano bissexto que proporcionou um dia extra de gastos. A desaceleração na demanda externa e a força do iene permanecem em riscos para 2016.


Assuntos desta notícia