Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Helen Reid
LONDRES, 11 Jan (Reuters) – Os principais índices acionários
europeus fecharam em queda nesta quinta-feira diante das
preocupações com o protecionismo e depois que as vendas nos
mercados de títulos fizeram as altas do início do ano perderem
força.
O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,26 por cento, a
1.564 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600
perdeu 0,34 por cento, a 397 pontos.
Dados de empresas direcionaram o mercado, com algumas
decepções pesando com força. Na sessão anterior, os índices
apresentaram fortes perdas, quando o nervosismo em torno da
notícia de que a China estava avaliando reduzir as compras de
títulos dos Estados Unidos interferiu no mercado acionário.
Nesta quinta-feira, o regulador chinês afirmou que a notícia
pode ser "falsa".
A alta do euro seguida da ata do Banco Central Eurpeu
pressionou os índices da zona do euro, com o DAX , da
Alemanha, fechando em queda de 0,6 por cento, enquanto a
rentabilidade dos bônus subiram.
Por sua vez, o índice britânico FTSE 100 atingiu
novo recorde, o terceiro em três dias, e fechou com ganhos de
0,2 por cento.
As varejistas britânicas Tesco e Marks & Spencer
ficaram entre as maiores quedas na Europa, após dados
pós-Natal decepcionarem, com os consumidores reduzindo as
compras de itens não-essenciais.
O setor de varejo europeu tinha o pior desempenho,
com queda de 1,37 por cento, enquanto as ações de bancos
, que saltaram na quarta-feira com a alta dos rendimentos
dos títulos, perdeu 0,30 por cento.
O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,26
por cento, a 1.564 pontos.
Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,19
por cento, a 7.762 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,59 por cento, a
13.202 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,29 por cento, a
5.488 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de
0,64 por cento, a 23.305 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,07
por cento, a 10.435 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,24 por
cento, a 5.644 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO CV

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia