Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

MILÃO, 29 Nov (Reuters) – O índice britânico FTSE caía nesta
quarta-feira, enquanto o restante dos mercados da região se
recuperavam, com a notícia de um avanço nas negociações do
Brexit impulsionando a libra e prejudicando o índice
internacionalmente exposto.
Às 8:09 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300
subia 0,51 por cento, a 1.530 pontos, enquanto o índice
pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,57 por cento, a 389
pontos.
O STOXX atingiu seu nível mais elevado em mais de duas
semanas, impulsionado pela força entre as ações de financeiras e
pela alta em todos os setores.
Já o FTSE perdia cerca de 0,5 por cento depois que o Reino
Unido se ofereceu para pagar grande parte do que a União
Europeia está exigindo para determinar a "conta do divórcio" do
Brexit, aproximando os dois lados de um acordo sobre um
obstáculo para abrir as negociações acerca do futuro do pacto de
livre comércio, disseram fontes da UE na terça-feira.
A libra atingiu a máxima de dois meses ante o dólar,
pressionando as ações de grandes empresas do FTSE expostas
internacionalmente e com lucros em dólar, como a British
American Tobacco , a Diageo e a GlaxoSmithKline
.
"Após o salto de ontem, (a libra) continua a subir hoje com
as expectativas de um importante avanço do Brexit. Trata-se de
política novamente, com vários riscos ainda não resolvidos",
disse o analista da ETX Capital Neil Wilson.
. Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,53
por cento, a 7.420 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,65 por cento, a
13.144 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,48 por cento,
a 5.416 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,57 por cento, a 22.419 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,21
por cento, a 10.267 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 1,18 por
cento, a 5.339 pontos.
(Por Danilo Masoni)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7509))
REUTERS TF CMO


Assuntos desta notícia