Clicky

MetaTrader 728×90

LONDRES, 15 Fev (Reuters) – A recuperação dos mercados
acionários europeus ganhou força nesta quinta-feira depois que
os investidores ignoraram a aceleração da inflação nos Estados
Unidos, voltando suas atenções para resultados corporativos
fortes como o da maior empresa aeroespacial da região, a Airbus.
Às 7:42 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300
subia 0,82 por cento, a 1.481 pontos, enquanto o índice
pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,87 por cento, a 378
pontos.
Ações cíclicas impulsionavam o mercado, com os setores de
recursos básicos, industrial, bancário e de tecnologia tendo o
melhor desempenho e se recuperando das fortes perdas da semana
passada.
Os resultados eram o foco das atenções mais uma vez, com
dados fortes impulsionando Airbus, Ipsen , Aegon
e Schneider Electric .
As ações da Airbus saltavam 9,45 por cento depois
que a empresa superou as expectativas de lucro e receita, embora
tenha contabilizado um novo gasto de 1,3 bilhão de euros em seu
avião militar A400M.
Já a seguradora holandesa Aegon ganhava 3,8 por
cento depois de informar que a receita líquida trimestral dobrou
e elevar a estimativa para lucros futuros, graças aos cortes
tributários nos Estados Unidos, onde mantém 60 por cento de seus
negócios.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,71
por cento, a 7.264 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,81 por cento, a
12.438 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 1,53 por cento,
a 5.244 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
1,04 por cento, a 22.668 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,35
por cento, a 9.816 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 1,69 por
cento, a 5.512 pontos.

(Reportagem de Helen Reid)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia