Clicky

BOA NOITE INVESTIDOR: Dia de Ajuste nos Mercados

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Hoje tivemos um dia de ajuste na Bovespa, depois da boa alta de ontem com ações como Petrobras subindo mais de 8% (CSN mais de 13%). Queda no preço do petróleo no mercado internacional, dólar mais forte e certa aversão ao risco na China podem ilustrar isso que estamos querendo demonstrar.
Logo cedo o presidente do BCE Mario Draghi deu declaração dizendo que os países da região do euro deveriam apoiar medidas para alavancar a economia, mas alertava que deveriam fazer reformas estruturais, pleito antigo. Na Alemanha, depois do recorde de superávit na balança comercial em abril (24 bilhões de euros), os títulos com vencimento em 10 anos foram negociados na mínima histórica de juros, em 0,034%.
Nos EUA dados mistos foram novamente anunciados. Os pedidos de auxílio desemprego da semana anterior encolheram 4000 posições para 264000, mas os estoques no atacado subiram 0,6% em abril, de previsão de alta de somente 0,1%. Na sequencia dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY terminou o dia em queda de 1,39%, com o barril cotado a US$ 50,52. O euro era transacionado em queda para US$ 1,1331 e os notes americanos de 10 anos com queda para 1,68%. Com a aversão ao risco de volta, o ouro e a prata foram negociados em alta na Comex. Commodities agrícolas com comportamento misto. No mercado spot chinês o minério terminou o dia estável, com a tonelada em US$ 52,10.
No segmento local o IBGE ajustou projeções da safra de grãos de 2016 em queda de 6,5% com 195,6 milhões de toneladas e área plantada expandida em 0,2%. A FGV também anunciou a primeira prévia do IGP-M de junho em boa alta da inflação para 1,12% (anterior em 0,59%) e acumulando taxa no ano de 5,31% e em 12 meses de 11,58%. Do lado político o juiz Sérgio Moro aceitou denúncia contra a mulher de Eduardo Cunha que passa a ser ré.
Na Bovespa dia de boa notícia com o fluxo canalizado por investidores estrangeiros. Na sessão de 07/06 ingressaram com R$ 359,9 milhões, deixando o saldo positivo de junho em R$ 750 milhões e o do ano subindo para R$ 12,23. Na sequencia dos mercados por aqui, os DIs tiveram também dia de ajustes para a perspectiva de menor queda da Selic no ano e taxas subiram para todos os vencimentos. O dólar teve dia de muitas oscilações, mas terminou em alta de 0,84% e cotado a R$ 3,397.
No mercado acionário dia de queda para as principais bolsas europeias, com Londres perdendo 1,10%, paris com -0,97% e Frankfurt com -1,25%. Madri e Milão caíram respectivamente 0,70% e 0,81%. No mercado americano dia de queda para o Dow Jones de 0,10% e o Nasdaq com -0,32%. na Bovespa queda de 0,99% e índice em 51118 pontos.
Na agenda de amanhã teremos a inflação pelo IPC da Fipe da primeira quadrissemana de junho e fluxo pedagiado de veículos. Nos EUA sai a confiança do consumidor de Michigan de junho e o resultado fiscal de maio.


Assuntos desta notícia