Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

As bolsas europeias ficaram sem direção nesta quarta-feira, com os resultados fiscais de algumas empresas decepcionando. Por outro lado, os negociadores de ações do Reino Unido, com índice principal dividido entre altos e baixos, estão deixando de lado o otimismo com o Brexit e com a primeira-ministra Theresa May preparando os detalhes para iniciar as negociações da saída do Reino Unido do bloco.

A Bayer AG decepcionou com os lucros e as ações caíram 1,5%. A Antofagasta Plc puxou as mineradoras, depois revisar a produção de cobre no próximo ano, com as ações em queda de 3,2%. As empresas de energia, incluindo BP Plc e Royal Dutch Shell Plc, escorregaram com os preços do petróleo ou com óleo.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

As vendas da Renault SA subiram 3,2% e superaram as estimativas. As ações da Gucci saltaram 7,8%, depois de postar crescimento de vendas mais rápido desde 2012.

Ao final da jornada, em Londres, o índice Stoxx Europe 600 caiu 0,38% aos 341,76 pontos. Em Milão, o índice FTSE-MIB subiu 0,29% aos 17.280 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 0,37% aos 9.173 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX 30 ficou em queda 0,44% aos 10.709 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 ficou em queda de 0,14% aos 4.534 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 caiu 0,85% aos 6.958 pontos. E, em Lisboa, o índice PSI-20 recuou 0,19% aos 4.701 pontos.

O indicador GfK de confiança do consumidor da Alemanha prevê 9,7 pontos para novembro, depois de uma figura de 10,0 pontos em outubro. Assim, o indicador caiu abaixo da marca de 10 pontos para a primeira vez desde junho 2016.

Após três quedas sucessivas, as expectativas econômicas melhoraram novamente em outubro. O indicador ganhou 6,2 pontos, subindo assim para um valor de 13,0 pontos. Isto representa um aumento de 15,9 pontos em comparação com o correspondente período do ano passado.


Assuntos desta notícia