Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

A volatilidade marca a operação na B3 nesta quarta-feira. Os investidores estão realizando lucros e atentos para as votações em Brasília, em especial da Reforma Trabalhista.

Já no cenário externo, as atenções são para o presidente Donald Trump, que prepara para hoje a divulgação de um pacote de reforma tributária com forte redução de impostos, que se confirmado haveria um corte de 35% para 15% e custo ao governo de mais ou menos US$2 trilhões em receita perdida.

MetaTrader 300×250

De outro lado, as commodities seguem reagindo, com o petróleo e o minério de ferro em terreno positivo.

Enquanto isso, há pouco, o Ibovespa está em alta de 0,08% aos 65.198 pontos. O volume  financeiro segue para R$3,1 bilhões.

As ações com ganhos
Siderúrgica Nacional ON, alta de 4,20%; WEG ON, alta de 3,83%; Usiminas
ON, alta de 3,70%; Marfrig ON, alta de 2,93%; e Bradesco PN, alta de 1,81%.

As ações com perdas
Cemig PN, queda de 2,99%; Cielo ON, queda de 1,82%; Multiplan ON, queda
de 1,62%; Smiles ON, queda de 1,56%; e Cosan ON, queda de 1,62%.

A Petrobras ON estava em alta de 0,95% e a PN, alta de 0,42%.
A Vale ON estava em queda de 0,25% e a PN, queda de 0,29%.

Carteira Teórica
A carteira teórica do Índice Bovespa que passou a vigorar entre e 02 de janeiro
de 2017 a 28 de abril de 2017, com base no fechamento do pregão de 29 de
dezembro de 2016, totaliza 59 ativos de 56 empresas e com a entrada da
Eletrobras ON (ELET3). Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na
composição do índice foram: Itauunibanco PN (10,681%), Bradesco PN
(7,740%), Ambev S/A ON (7,183%), Petrobras PN (6,008%) e Petrobras ON
(4,592%).

Empresas

O Santander (SANB11) supera expectativa nesse 1T17 e mostra resultado superior ao esperado no trimestre, com lucro gerencial de R$ 2,28 bilhões, quando o projetado pelo mercado era algo próximo dos R$ 1,9 bilhão. A margem financeira do banco veio bem forte no trimestre e o controle de custos se mostrou bem acertado, com queda nas despesas gerais na comparação com o 4T16. As despesas com PDD também tiveram forte retração, essa tanto na comparação com o trimestre imediatamente anterior quanto na com o mesmo trimestre do ano passado, por conta da baixa para prejuízo de um caso específico em grandes empresas (talvez a Oi). As receitas com tarifas e prestação de serviços apresentaram boa elevação na comparação com o 1T16, mas ficaram estagnadas contra o último trimestre do ano passado, inclusive com pequena retração, o que é parcialmente explicada pela sazonalidade de algumas linhas de produto. Por fim, o avanço no ROE do banco, passando de 12,6% no 1T16, para 13,9% no 4T16 e chegando a 15,9% no trimestre em análise, se aproximando do patamar dos demais bancos privados.

A Fibria (FIBR3) traz números um pouco abaixo da expectativa um pouco mais pressionado que o esperado nesse primeiro trimestre do ano, com a diferença no câmbio entre os períodos (com o real mais valorizado na comparação com o 1T16) se sobressaindo ante o maior patamar de preço no mercado internacional. Assim, mesmo com avanço no volume vendido, houve retração na receita nessa base comparativa. O custo caixa da produção de celulose veio mais forte, com maior custo de madeira não recorrente e uma parada para manutenção em uma planta da companhia.

Lojas Renner (LREN3) reporta bons números para um primeiro trimestre. A Lojas Renner registrou crescimento de 2,2% no lucro líquido neste 1T17, em comparação ao resultado apurado no mesmo intervalo de 2016. A receita líquida de vendas de mercadorias apresentou crescimento de 14,7% e no conceito mesmas lojas as vendas se expandiram 9,1%, apresentando uma recuperação frente à evolução de um ano antes. O resultado de Produtos Financeiros apresentou aumento de 14,9% em relação ao 1T16. Adicionalmente, os primeiros meses de 2017 trouxeram leves sinalizações positivas, com melhorias no fluxo de clientes nas lojas e aumento de ticket médio, além de uma melhor composição de estoques no início do ano e da boa aceitação dos itens de outono/ inverno.

A Natura (NATU3), em meio à solicitação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da B3 para os esclarecimentos sobre as notícias de que a empresa estaria interessada na compra da The Body Shop da L’Oréal, a gigante veio a mercado comunicar que está participando do processo de avaliação envolvendo eventual transação relacionada à The Body Shop. A companhia informa que não se pode assegurar que tal processo resultará na consumação de uma transação de qualquer natureza, e que, no momento, não se tem nada fechado entre as partes, nem foram mencionados valores.

Pagamento de dividendos: Alupar, Coelce, Klabin, Magazine Luiza, Wiz e Grendene.

Commodities

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de
0,69% a US$66,07 a tonelada seca e com 62% de pureza.

O futuro do petróleo tipo WTI, com vencimento em junho, é negociado a US$
49,82, alta de 0,52%.


Assuntos desta notícia