Clicky

MetaTrader 728×90

Por Alastair Macdonald
BRUXELAS, 26 Mai (Reuters) – O negociador da União Europeia
(UE) para o Brexit pediu neste sábado que o governo britânico
pare com o "jogo de esconder" em relação aos seus objetivos
sobre as relações comerciais e alertou que atrasos em acordar
uma supervisão judicial trazia um risco de arruinar um possível
acordo final.
Em comentários feitos após uma semana difícil de negociações
em Bruxelas, Michel Barnier insistiu que ele não seria
intimidado pelo que chamou de "jogo de acusações" de Londres de
culpar a UE de rigidez por rejeitar as exigências britânicas
para a cooperação em segurança, comércio e outros temas depois
da saída do Reino Unido do bloco europeu.
No texto de um discurso em Portugal para especialistas em
legislação da UE, ele acusou os líderes britânicos de não
conseguirem entender que são as estruturas legais únicas do
bloco, para as quais o Reino Unido contribuiu por 45 anos, que
mantinham a confiança entre os países do bloco europeu. Essas
estruturas, disse ele, não podem abranger um país que não seja
membro.
Os comentários se dão dois dias depois de uma autoridade do
bloco europeu classificar como "fantasia" as ideias de Londres
para um acordo aduaneiro, para a fronteira com a Irlanda e
outros temas.
Representantes britânicos afirmaram que tais comentários não
haviam sido "úteis". Os dois lados esperam avançar num tratado
antes da primeira-ministra britânica, Theresa May, se encontrar
com os outros 27 líderes do bloco daqui a um mês em Bruxelas. A
meta é acordar um tratado até outubro.
Barnier disse que estava pronto para negociações de "âmbito
político" para tentar avançar as três áreas chaves em que as
incertezas permanecem, dez meses antes da data prevista para o
Reino Unido deixar a UE, em março de 2019. As áreas são como
gerir futuras disputas em relação ao tratado de saída, a chamada
solução "backstop" para a fronteira com a Irlanda e a estrutura
das relações futuras.
O governo de Theresa May, profundamente dividido sobre a
futura relação com a UE, discute a possibilidade de deixar de
lado a rejeição à união aduaneira. "Se o Reino Unido quiser
mudar os seus parâmetros limites, ele deve nos falar. Quanto
antes melhor. Uma negociação não pode ser um jogo de esconder",
afirmou Barnier.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7727))
REUTERS FB


Assuntos desta notícia