Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

(Texto atualizado com mais informações)
RIO DE JANEIRO, 6 Dez (Reuters) – O presidente do BNDES,
Paulo Rabello de Castro, afirmou nesta quarta-feira que pretende
anunciar no começo de 2018 a venda de parte da carteira do
BNDESPar, braço financeiro do banco, mas o volume a ser
negociado ainda está sendo calculado.
"A venda madura da carteira de ações está completamente nos
planos e deve ser anunciada no início de 2018", disse ele a
jornalistas após evento na Firjan.
Rabello de Castro afirmou ainda que a venda de parte da
carteira visa estabelecer novas frentes de empréstimos futuros
do banco.
"A venda vai ser ponderada em torno de dois ou três
parâmetros básicos, sendo o grau de madurez do investimento e
também a oportunidade da venda com vista às cotações. Outro
parâmetro é dar mais acesso a investidores nessas empresas",
afirmou.
Em 2018, o banco de fomento terá de devolver à União mais
130 bilhões de reais como pagamento de empréstimos e repasses
feitos no passado pelo Tesouro Nacional. O BNDES já devolveu
este ano mais de 50 bilhões de reais ao Tesouro depois de
antecipar outros 100 bilhões no fim de 2016.
Para enfrentar a nova realidade e atender às necessidades de
empréstimos, o BNDES tem procurado diversificar suas fontes de
financiamento.
Atualmente, boa parte dos empréstimos do banco é corrigida
pela TJLP, mas a partir de 2018 começa a entrar em vigor uma
nova taxa, a TLP (Taxa de Longo Prazo).
"O BNDES é um banco de inovação, de abertura de novas
soluções financeiras… No dia que o setor privado estiver
cobrindo o financiamento no longo e muito longo prazo com taxas
razoáveis para a infraestrutura, vamos estar mais dedicados a
conservação ambiental, inovações high tech e pesquisa e
educação", disse ele.
O banco estima elevar os desembolsos para 150 bilhões de
reais em 2022, ante cerca de 70 bilhões de reais neste ano,
disse Rabello de Castro. Até outubro, o banco emprestou cerca de
55,2 bilhões de reais.

(Por Rodrigo Viga Gaier; Edição de Flavia Bohone)
(([email protected]; +55 21 5644-7505;
Reuters Messaging:
[email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation