Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

13 Jun (Reuters) – O pré-candidato do PSDB à Presidência,
Geraldo Alckmin, disse nesta quarta-feira que tem alianças
encaminhadas com quatro partidos para a eleição de outubro e fez
elogios ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pré-candidato do
DEM ao Planalto, após sinalizações de uma reedição da pareceria
entre a sigla do deputado e os tucanos.
"As alianças estão caminhando bem. Nós, além do PSDB, temos
hoje mais quatro partidos encaminhados, acho que vai crescer,
mas vai ser lá no fim de julho", disse Alckmin a jornalistas ao
participar de um congresso para prefeitos em Florianópolis.
"O Democratas, nós respeitamos. O Rodrigo Maia, bom quadro
da nova geração, respeitamos. Enquanto tiver candidato, nenhum
problema. Se pudermos estar juntos lá na frente, é tudo que
queremos", disse Alckmin, ex-governador de São Paulo e
presidente nacional do PSDB, ao ser indagado sobre declarações
recentes de lideranças do DEM sobre a possibilidade de aliança
com os tucanos.
Na segunda-feira, o próprio Maia disse que, caso desista de
sua candidatura, "o mais provável é que a gente tenha uma
conversa primeiro com o PSDB", ressalvando que podem ocorrer
contatos com outros partidos.
Apesar de ter um desempenho nas pesquisas de intenção de
voto considerado ainda frágil –alcançou 7 por cento da
preferência do eleitorado em levantamento do Datafolha divulgado
no fim de semana–, Alckmin voltou a minimizar as sondagens a
cerca de quatro meses da eleição, e se disse "animado" com sua
pré-candidatura.
"Acho que nós vamos ter os melhores palanques do Brasil, um
bom tempo de TV com as alianças e o melhor programa, estamos
reunindo os quadros mais qualificados da economia, da saúde, da
educação, da segurança para apresentar um grande projeto para o
Brasil", afirmou.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo
Edição de Alexandre Caverni)
(([email protected]; 55 11 5644 7759; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation