Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

WASHINGTON, 25 Mai (Reuters) – Um oligarca russo com
ligações com o Kremlin se encontrou com o advogado do presidente
Donald Trump Michael Cohen na Trump Tower de Nova York pouco
menos de duas semanas antes da posse de Trump como presidente,
disse nesta sexta-feira uma fonte familiar ao encontro.
Durante uma discussão 11 dias antes da posse no escritório
de Cohen, localizado no 26º andar do arranha-céu, Cohen e o
empresário russo Viktor Vekselberg conversaram sobre melhorar
relações entre Moscou e Washington e marcaram de se encontrar
novamente na posse, relatou o New York Times pela primeira vez.
O jornal citou Andrew Intrater, um norte-americano que
participou do encontro e administra investimentos para
Vekselberg.
A fonte, que falou em condição de anonimato, confirmou por
telefone à Reuters a informação do New York Times.
Cohen e um advogado de Intrater não puderam ser
imediatamente contatados para comentários.
O jornal relatou que dias após a posse de Trump como
presidente, em janeiro de 2017, a companhia de private equity de
Intrater, Columbus Nova, deu a Cohen um contrato de consultoria
de 1 milhão de dólares, que agora está sob investigação de
autoridades federais dos EUA.
O procurador especial Robert Mueller está realizando uma
extensa investigação sobre supostos contatos e transações entre
Trump, seus associados e a Rússia, antes e depois da eleição
presidencial norte-americana de 2016.
Procuradores federais da procuradoria dos EUA em Manhattan
estão, enquanto isso, realizando uma investigação separada sobre
relações financeiras e comerciais de Cohen.
Intrater disse ao New York Times que Vekselberg, seu primo e
seu maior cliente, não instruiu a Columbus Nova a contratar
Cohen como um consultor.
(Reportagem de Mark Hosenball, Nathan Layne e Karen
Freifeld)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS TR


Assuntos desta notícia