Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

WASHINGTON, 17 Abr (Reuters) – A atriz pornô Stormy
Daniels revelou um retrato falado de um homem que ela diz tê-la
ameaçado para que não falasse sobre um relacionamento que ela
alega ter tido com o presidente dos Estados Unidos, Donald
Trump, e seu advogado ofereceu uma recompensa de 100 mil dólares
por informações sobre o homem em questão.
Stormy, cujo nome verdadeiro é Stephanie Clifford, está
contestando um acordo de sigilo de 2016 arranjado pelo advogado
pessoal de Trump, Michael Cohen, graças ao qual ela recebeu 130
mil dólares para não falar sobre sua alegação de que fez sexo
com Trump uma década antes, algo que o líder norte-americano
nega.
Durante uma participação no talk show diurno "The View", da
rede ABC, nesta terça-feira, ela foi indagada por que está vindo
a público.
"Estou cansada de ser ameaçada", respondeu a atriz. "Para
mim chega. Desculpe, já chega de ser intimidada."
Stormy repetiu sua história, revelada pela primeira vez no
programa "60 Minutes" da rede CBS no mês passado, segundo a qual
estava a caminho de uma aula de ginástica com a filha quando um
desconhecido a abordou em um estacionamento de Las Vegas em
2011. Ele a alertou a "deixar Trump em paz. Esqueça a história",
contou ela na entrevista.
Nesta terça-feira seu advogado, Michael Avenatti, pediu ao
público que ajude a identificar o homem e ofereceu uma
recompensa de 100 mil dólares por informações que levem à sua
identificação.
A imagem mostra um homem de cerca de 20 ou 30 anos com barba
rala e cabelo penteado para trás e usando um agasalho com capuz.
Stormy disse que o achou parecido com o marido de alguém e o
descreveu como "mais ou menos bonito".
Os advogados de Trump estão pedindo ao menos 20 milhões de
dólares de indenização da atriz por múltiplas violações do
acordo de sigilo.
(Por Doina Chiacu e Karen Freifeld)
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))
REUTERS PF ES


Assuntos desta notícia

Join the Conversation